SECRETARIA DE SAÚDE RECOMENDA DEMISSÃO DE 30 SERVIDORES

12 set 2017

A Secretaria de Saúde do DF recomendou ao Executivo a demissão de 30 servidores por falta sem justificativa e/ou uso de atestado falso, segundo informações divulgadas pelo G1. O Buriti ainda analisa os pedidos.

Desde janeiro deste ano, oito funcionários públicos já foram demitidos pelo governador Rodrigo Rollemberg, sendo seis deles por inassiduidade.

Ao todo, do início de 2017 até agora, a secretaria recomendou a demissão de 52 servidores. Entre os motivos sinalizados pela pasta estão também acumulo de cargos, descumprimento de carga horaria e pagamentos indevidos.

Até o fim deste ano, a Secretaria de Saúde vai enviar mais 44 pedidos de demissão  por falta sem justificativa e cinco por adulteração de atestado. O envio dos pedidos à mesa do governador ocorre após sindicância interna, em que o servidor tem direito a se defender.

O secretario de Saúde, Humberto Fonseca, declarou em entrevista que em vésperas de feriado o número de atestados aumenta. No feriado de 7 de setembro, por exemplo, clínicas pediátricas fecharam por falta de funcionários.