Guia definitivo do namoro digital depois dos 50 anos

27 nov 2017

As redes sociais já fazem parte da vida das pessoas de todas as idades. Há quem as use para se informar, trocar experiências, contar sobre a vida para amigos e parentes que moram longe. E também há quem as use para encontrar novas pessoas. Fazer amigos diferentes e, por que não, desbravar um novo relacionamento.

Com certos cuidados, não há por que se preocupar. Lembrando sempre: essa é uma plataforma diferente da vida real. Conheça as especificidades desse ambiente e vá à luta!

1. Capriche no perfil

Fotos falsas, nem pensar. Mas é muito bom trabalhar na imagem, tirar uma fotografia nova. Escolha um bom cenário, num dia claro, use uma roupa que combine com você. A imagem é a primeira coisa em que as pessoas vão reparar. É importante que ela lhe represente. Depois, conte o melhor de você e preencha seu perfil tentando fugir dos lugares-comuns que deixariam sua página parecida demais com outras.

2. Tome a iniciativa

Gostou de alguém? Mande uma mensagem. A pessoa demorou para responder e você acha que também deveria demorar um pouco para enviar a nova mensagem? Não precisa. Seja em sites de namoro, seja nas redes sociais, esperar demais só demonstra insegurança.

3. Tenha foco

Se por um lado é bom demonstrar assertividade, por outro pode ser desgastante trocar mensagens e marcar encontros com muitas pessoas. Selecionar bem quem é mais interessante evita esse problema: você pode conhecer melhor as pessoas que realmente combinam com você quando fala com uma quantidade menor de pretendentes.

4. Saia do comum

O ambiente virtual fornece muito mais opções do que a vida real. Você pode observar centenas de pessoas, mas, mesmo num evento social, vai acabar falando com não mais do que meia dúzia. Por isso, aproveite esse recurso para procurar por pessoas diferentes daquelas que costumam lhe interessar em sua rotina.

5. Não minta

Você não quer fornecer informações muito pessoais para pessoas que acabou de conhecer, e ainda mais na internet. Mas mentir não leva a lugar algum. Se o relacionamento avançar, será difícil sustentar histórias falsas. E ter que confessar depois que inventou informações só vai abalar a nova relação.

6. Desconfie

Seja nas redes sociais, num bar ou no ambiente de trabalho, pessoas mentem o tempo todo. Mas a internet facilita a criação de personagens praticamente fictícios. Um menino adolescente pode se passar por uma mulher de meia-idade. É sempre bom desconfiar e prestar atenção a detalhes que indicam a honestidade. Por exemplo: a linguagem e as referências culturais da pessoa condizem com o que ela diz sobre si?

7. Não se abale com rejeições

Eventualmente, vai acontecer: você ficou fascinado(a) por uma pessoa, mas ela não respondeu da mesma forma? Ela pode não ter se interessado por alguma informação do perfil, ou porque já está vendo alguém, ou por algum outro motivo banal. Se não conseguiu emplacar, tente de novo, sem traumas. Mas com outra pessoa! Não fique insistindo com quem já deixou claro que não tem interesse.

8. Conheça pessoalmente

Quando se trata de namoro digital, o objetivo é levar o relacionamento para o mundo físico. Por isso, tome cuidado para não criar apenas um amigo por correspondência. Se as conversas online fluem bem e já estão durando mais do que 30 minutos, comece a se preparar para marcar um encontro ao vivo – em algum lugar público, por segurança. E boa sorte!

Fontes

Love at First Click, de Laurie Davis

Dating After 50 for Dummies, de Pepper Schwartz