Irmão de Messi é preso após arma ser encontrada em lancha com manchas de sangue

2 dez 2017

Por porte ilegal de arma, o irmão mais velho de Lionel Messi foi detido em um hospital de Rosário, na Argentina, onde se recuperava de um maxilar fraturado e outros ferimentos sofridos, segundo ele, em um acidente de barco. Matias Messi, 35 anos, disse que se machucou ao atingir um banco de areia enquanto navegava em um rio. A lancha em que ele navegava estava coberta de sangue.

Contrária a versão do irmão do jogador do Barcelona, os investigadores do acidente encontram uma pistola calibre 38 no barco que ele estava pilotando, como foi confirmado pelo promotor que ordenou sua prisão. Matias pode receber uma sentença de até seis meses se for condenado pelo porte ilegal.

Matias é velho conhecido da polícia argentina quando o assunto é porte ilegal de arma. Ele já foi preso em 2008 por portar uma arma carregada e em 2015 depois que policiais encontram um revólver em seu carro.

Apesar do promotor do caso, Jose Luis Caterina, afirmar que a descoberta da arma foi “transparente, clara e legítima”, os familiares negam que ele tenha qualquer arma e disseram que essa informação é “totalmente falsa”.