Vale soube de problemas nos sensores responsáveis por monitorar barragem dois dias antes do rompimento

quarta-feira, 6 fevereiro, 2019 | 21:37

Compartilhe

A Polícia Federal identificou uma troca de e-mails entre profissionais da Vale e duas empresas ligadas à segurança da barragem de Brumadinho mostrando que a Vale já havia identificado, dois dias antes, problemas nos dados de sensores responsáveis por monitorar a estrutura da barragem, de acordo com informações da TV Globo.

Segundo a reportagem, as mensagens começaram a ser trocados no dia 23 de janeiros, às 14h38, e se encerraram no dia seguinte às 15h05, na véspera do rompimento.

No depoimento de Makoto Namba, da empresa TÜV SÜD, um dos engenheiros responsáveis por laudos de estabilidade da barragem, não constam, no entanto, detalhes sobre as mensagens.

Ainda segundo a TV Globo, Namba afirma que só ficou sabendo das alterações dos dados fornecidos pelos sensores após o rompimento da barragem.


Deixe seu comentário