Concedido habeas corpus para Arruda e Filippelli

quarta-feira, 31 maio, 2017 | 20:14

Compartilhe

A Justiça Federal determinou, nesta quarta-feira (31), a soltura do ex-governador José Roberto Arruda e do ex-vice Tadeu Filippelli (PMDB). O pedido de habeas corpus também foi concedido a todos os outros detidos na Operação Panatenaico, que investiga desvio de dinheiro das obras de reconstrução do Estádio Nacional Mané Garrincha para a Copa do Mundo de 2014.

Mais cedo, o ex-governador Agnelo Queiroz, os ex-presidentes da Novacap Maruska Lima e Nilson Martorelli, e o dono da construtora Via Engenharia, Fernando Márcio Queiroz, haviam sido soltos. À tarde, o TRF mandou soltar o ex-secretário Extraordinário da Copa do Mundo Cláudio Monteiro, os empresários Jorge Luiz Salomão, Afrânio Filho e Sérgio Lúcio Silva Andrade, além de Arruda e Filippelli. Eles devem deixar a carceragem da DPE nas próximas horas.

Entre os argumentos da Polícia Federal e do Ministério Público Federal para a manutenção da prisão, estava a influência dos investigados em razão da posição política, financeira e operacional, além de prejuízo à coleta de novas provas, existência de medidas cautelares que ainda precisavam ser efetivamente cumpridas, como bloqueio de bens, além da necessidade de análise do extenso material.


Deixe seu comentário