Em meio a ascensão do mercado, Brasília sediará mais uma edição do Capital Moto Week

0
83
Compartilhe

A produção nacional de motocicletas aumentou 8,4% no primeiro semestre deste ano, totalizando 536.955 unidades. No mesmo período do ano passado, foram produzidas 495.420 motocicletas.

De acordo com a Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo), em junho, foram produzidas 67.991 motocicletas, correspondendo a uma alta de 35,4% sobre o mesmo mês de 2018 (50.208 unidades).

O levantamento mostrou ainda que, no primeiro semestre deste ano, foram emplacadas 530.034 motocicletas, correspondendo a um crescimento de 16% ante o mesmo período de 2018 (456.729 unidades). Em junho, foram licenciadas 80.023 motocicletas, 8% a mais do que o mesmo mês do ano passado (74.069 unidades).

O mercado de motocicletas segue aquecido, com alta de 8,4%.

Dentro deste cenário positivo, o Distrito Federal será palco para a 16ª edição do Brasília Capital Moto Week, maior evento de motocicletas da América Latina e um dos maiores do mundo. O encontro começa na próxima quinta-feira (18) e vai até o dia 27 de julho.

Pelo menos 700 mil pessoas de vários países do mundo são esperadas para participar da Moto Week. Motociclistas de Portugal, Uruguai, Argentina, Chile e Venezuela já confirmaram presença. Os ingressos variam de R$ 15 a R$ 340 (passaporte para todos os dias) e, como de costume, quem for de moto não paga.

“Esses mototuristas irão transformar a cara da nossa cidade. E isso gera emprego e renda, incrementa a economia”, afirma a secretária de Turismo, Vanessa Mendonça. Em 2018, o Brasília Capital Moto Week injetou cerca de R$ 55 milhões na economia da cidade.

No último dia, é feito o passeio de motocicletas, o maior do mundo.

Para Marco Portinho, um dos organizadores do evento, a 16ª edição do Capital Moto Week promete ser inesquecível. “Ampliamos as áreas de lazer e diversificamos ainda mais nossas duas praças de alimentação que, junto com os quiosques espalhados pelo evento, reúnem mais de 40 opções”, explica.

No dia 27 de julho, último dia do festival, será realizado o maior passeio motociclístico a céu aberto do mundo. No ano passado, 42 mil motos cruzaram as ruas de Brasília passando por diversos pontos turísticos da capital.

“O passeio enche as ruas da nossa capital de alegria e as imagens divulgadas mostram para o mundo inteiro uma cidade como nenhuma outra”, enfatizou Vanessa Mendonça.

Como de costume, o encontro será no Parque de Exposições da Granja do Torto.

A 16ª edição terá mais de 50 shows, com nomes como Biquini Cavadão, Jota Quest, CPM 22 e o novo projeto Tamo Aí na Atividade: Celebração a Charlie Brown Jr, que reúne os integrantes originais da banda.

No show do Tamo Aí na Atividade, marcado para o dia 20, as participações especiais serão: Di Ferreo, Gabriel O Pensador e o vocalistas do Mike Muir, do Suicidal Tendencies.

Lixo Zero

Este ano, o Brasília Capital Moto Week chega à 16ª edição. Fotos: Agência Brasília

Pelo terceiro ano consecutivo, o Brasília Capital Moto Week fechou parceria da ONG Neutralize Carbono, empresa pioneira na neutralização de emissões com créditos de carbono. A ideia é que nesta edição seja conquistado o selo de Lixo Zero.

No ano passado, o número atingiu 78,16% de destinação correta dos resíduos. Para este ano, com campanhas de conscientização e ações sustentáveis dentro do evento, a expectativa é que a gente ultrapasse os 90%.

Serviço

Data: 18 a 27 de julho

Local: Granja do Torto

Preços: de R$ 15 a R$ 340 (motociclistas não pagam)

Com informações das Agências Brasil e Brasília