Ibaneis: as promessas do candidato do MDB ao governo do Distrito Federal

quinta-feira, 18 outubro, 2018 | 11:27

Compartilhe
  • 5
    Shares

Veja abaixo o que Ibaneis (MDB) afirma que vai fazer se for o escolhido para assumir o Palácio do Buriti a partir de 1º de janeiro de 2019.

Abastecimento

  • Garantir água tratada e esgoto para 100% do DF

“Universalizar o abastecimento de água e esgotamento sanitário urbano e ampliação dos serviços na área rural com uso de tecnologias apropriadas” – Programa de governo

Administração

  • Ocupar o Centro Administrativo de Taguatinga

“Ocupar o Centro Administrativo, reduzindo custos com locações e levando o Governo do DF para perto das regiões mais populosas” – Programa de governo

  • Escolher administrador regional por meio de lista tríplice criada por moradores

“As Regiões Administrativas terão seus administradores indicados pela sociedade civil organizada local e pelos cidadãos, em lista tríplice a ser submetida ao governador que escolherá o administrador para exercício de cargo de confiança de natureza especial” – Programa de governo

  • Disponibilizar atendimento 24 horas nas administrações regionais

“Ampliação do horário de atendimento das Administrações Regionais até as 24 horas, facilitando o acesso dos cidadãos que não podem se ausentar do trabalho para serem atendidos em repartições” – Programa de governo

  • Criar a Administração Regional do Sol Nascente

“Nós vamos criar a administração do Sol Nascente. É necessário para que traga serviços públicos de qualidade para essa comunidade, que ainda hoje é tratada como favela. Nós temos que transformar isso em uma verdadeira cidade, colocando para funcionar o posto de saúde, abrindo delegacias aí dentro” – Caminhada em Ceilândia, 25/9

  • Construir posto de atendimento do Na Hora na Estrutural

“Abertura posto do Na Hora” – Post de Facebook

  • Não utilizar residência oficial e carro oficial nem receber salário

“Eu fui presidente da Ordem [dos Advogados do Brasil no DF] sem receber nada, e vou ser governador sem receber R$ 1 dos cofres públicos. Não vou ocupar a residência de Águas Claras, vou continuar morando na minha casa, vou continuar andando no meu carro particular” – Entrevista ao DF1 em 11/9

Cultura

  • Recolocar em funcionamento o Teatro Nacional e o Museu de Artes de Brasília

“Revitalizar os espaços culturais existentes no Plano Piloto e demais Regiões Administrativas: Teatro Nacional Cláudio Santoro, Museu de Artes de Brasília, Cine Teatro Itapoã (Gama) e Teatro da Praça (Taguatinga)” – Programa de governo

  • Aumentar o orçamento do Fundo de Apoio à Cultura

“Assegurar a continuidade e a ampliação do Fundo da Arte e da Cultura – FAC, para garantir iniciativas culturais que venham a fomentar o fazer cultural” – Programa de governo

  • Criar a Escola de Música Rural

“Criar a Escola de Música Rural, para o resgate das tradições musicais das diversas comunidades, em parceria com o Instituto Federal de Brasília (IFB) de Planaltina, Ceilândia, Gama” – Programa de governo

Economia

  • Diminuir tempo de abertura de empresas para 48 horas

“Programa Empreende Fácil, que reduz o tempo de abertura de empresas para 48 horas, facilitando o investimento, a atividade privada e a criação de novos postos de trabalho. Esse programa ainda disponibilizará capacitação para os empreendedores e também inovação tecnológica mediante parceria com institutos de pesquisa, universidades e representantes do setor de tecnologia” – Programa de governo

  • Criar a Secretaria da Micro e Pequena Empresa

“Fazer a criação da Secretaria da Micro e Pequena Empresa, para que a gente tenha essa turma toda trabalhando ao nosso lado, trazendo sempre as boas ideias. Empresário não precisa de governo. Empresário precisa de segurança jurídica, e nós vamos dar segurança jurídica a todos eles” – Discurso em 9/10

Educação

  • Criar uma universidade pública vinculada ao governo do DF

“Criar a Universidade Pública Distrital, a partir da ampliação da Escola Superior de Saúde, para aumento da oferta do número de profissionais de qualidade, em nível superior e técnico especializado, nas mais diversas áreas do conhecimento” – Programa de governo

  • Erradicar o analfabetismo entre adultos

“Implantar o Programa Escalada para erradicar o analfabetismo adulto” – Programa de governo

  • Entregar um tablet para cada professor

“Assegurar que todo profissional da educação tenha um tablet para utilização no ambiente das escolas” – Programa de governo

  • Aumentar o número de vagas na rede pública de ensino

“A expansão de ofertas de vagas nas escolas existentes” – Programa de governo

  • Implementar educação integral em escolas abertas após 2019

“Educação integral para toda nova escola criada e implementação de cronograma para as já existentes” – Programa de governo

Esporte

  • Criar cadastro esportivo com alunos da rede pública de ensino

“Criação de cadastro de alunos da rede pública de ensino, com ênfase no perfil esportivo, a fim de identificar talentos e desenvolver aptidões com foco em competições internacionais e olimpiadas, acompanhando a participação e os resultados obtidos” – Programa de governo

  • Criar o Plano Diretor do Esporte

“Elaboração da Plano Diretor do Esporte de forma participativa, para definir os princípios, objetivos e diretrizes, tornando-o um marco no desenvolvimento estruturado de ações desportivas” – Programa de governo

Impostos

  • Aplicar IPTU e IPVA nas regiões em que foram recolhidos

“O Imposto sobre a Propriedade Territorial Urbana – IPTU e o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores – IPVA serão alocados e gastos nas Regiões Administrativas da localização dos respectivos imóveis e veículos” – Programa de governo

  • Reduzir IPTU e IPVA aos valores de 2010

“Reduzir IPTU e IPVA aos mesmos patamares de 2010” – Programa de governo

  • Igualar a alíquota de ICMS do diesel à cobrada em Goiás

“Reduzir alíquota de ICMS do diesel, igualando a Goiás” – Programa de governo

Infraestrutura

  • Revitalizar o Setor Comercial

“Vamos revitalizar o Setor Comercial, dar condição para os comerciantes abrirem o seu comércio, não só durante o dia, mas também à noite. Tem acontecido em São Paulo, Rio de Janeiro e no Distrito Federal tem que acontecer também. É uma área nobre que merece atenção especial” – Caminhada em Ceilândia, 25/9

Fonte:  G1


Deixe seu comentário