Eduardo Bolsonaro diz que Brasil só será “levado a sério” se tiver armas nucleares

quarta-feira, 15 maio, 2019 | 08:35

Compartilhe

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) criticou o tratado de não proliferação de armas nucleares, assinado em 1998.

Ele afirmou que o país só vai ser respeitado por Maduro, Rússia e China se tiver esse tipo de armamento. Para o parlamentar, as bombas nucleares é que “garantem a paz”

Redação/Foto: Câmara Federal


Deixe seu comentário