Senador líder do RenovaBR pediu abertura de CPI das Cortes Superiores

sábado, 9 fevereiro, 2019 | 13:46

Compartilhe
  • 110
    Shares

Em defesa da crença de que a renovação política também passa pela Justiça, o movimento RenovaBR protocolou na última quinta-feira (7) o pedido de criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Cortes Superiores, com a assinatura de 27 senadores. Proposta pelo líder do RenovaBR, senador Alessandro Vieira (PPS-SE), a CPI tem o objetivo de apurar eventuais desvios de atuação dos Tribunais Superiores do Brasil.

O RenovaBR reforça a importância da participação da sociedade no apoio à CPI protocolada junto à Secretaria-geral da Mesa do Senado, para dar voz a questionamentos que vêm da população, esclarecer os fatos e conferir mais legitimidade ao Judiciário.

As 27 assinaturas necessárias para a apresentação do requerimento foram coletadas pelo senador Alessandro Vieira, com a intenção de investigar o abuso de pedidos de vista ou expedientes processuais para retardar ou inviabilizar decisões de plenário; o desrespeito ao princípio do colegiado; a diferença do tempo de tramitação de pedidos, a depender do interessado; o excesso de decisões contraditórias para casos idênticos; e a participação de ministros em atividades econômicas incompatíveis com a Lei Orgânica da Magistratura (Loman).

O RenovaBR acredita que estas e outras questões precisam ser respondidas pela CPI das Cortes Superiores. No entanto, denuncia que senadores estão sendo pressionados a retirarem as assinaturas.

“Passamos por um novo momento da conjuntura, cujo papel da sociedade é cada vez mais importante e decisivo. Dessa maneira, o RenovaBR apoia os senadores que assinaram a CPI e reitera que a mobilização e a organização popular são fundamentais para mudar as estruturas injustas da população”, defende o RenovaBR.

A comissão deverá ser composta por dez titulares e seis suplentes e trabalhar por 120 dias. Para a instalação da CPI, o requerimento deve ser lido em Plenário em sessão deliberativa.

Veja a lista de senadores que assinaram o requerimento, divulgada pelo RenovaBR:

Alessandro Vieira

Alvaro Dias

Cid Gomes

Eduardo Braga

Eduardo Girão

Eliziane Gama

Fabiano Contarato

Izalci Lucas

Jayme Campos

Jorge Kajuru

Kátia Abreu

Lasier Martins

Leila Barros

Luis Carlos Heinze

Luiz Carlos do Carmo

Major Olímpio

Marcos do Val

Plínio Valério

Randolfe Rodrigues

Reguffe

Rodrigo Cunha

Selma Arruda

Sergio Petecão

Soraya Thronicke

Styvenson Valentim

Tasso Jereissati

Telmário Mota

 

Fonte: Diário do Poder


Deixe seu comentário