Temer é solto e deixa a sede da Polícia Militar em São Paulo

quarta-feira, 15 maio, 2019 | 15:18

Compartilhe

Ex-presidente Michel Temer (MDB) deixou o Comando do Policiamento do Choque, na capital paulista, de carro pela porta de trás, sem conceder entrevista.

Alvará de soltura chegou à sede da PF pouco depois de meio-dia. Ontem, o STJ concedeu o habeas corpus a Temer, que estava preso desde quinta-feira.

A defesa de Temer argumentou que não o resultado no Superior Tribunal de Justiça (STJ) deve servir de exemplo. Além disso, estima não haver “prende e solta” em relação aos seis inquéritos aos quais o ex-presidente responde.

“Esta decisão (do STJ) coroa com bastante naturalidade o que diz a Constituição. Não há nenhuma justificativa para que ele seja levado à prisão, qualquer tipo que seja”, complementou o advogado Eduardo Canelós

Na visão dele, “todas as acusações” contra Temer serão “destruídas”. “Não há nenhum embasamento probatório consistente” nas acusações, concluiu Carnelós à saída do Comando do Choque da Polícia Militar de São Paulo.

Foto: GloboNews


Deixe seu comentário