Confiança do empresário na economia do Distrito Federal atinge marca histórica

sábado, 2 fevereiro, 2019 | 00:18

Compartilhe
  • 1
    Share

 

O Índice de Confiança do Empresário Industrial do Distrito Federal (Ice-DF) atingiu em janeiro 64,7 pontos, a melhor marca para o período, desde o início da série histórica em 2010.

Se comparado com dezembro de 2018, o indicador teve alta de 1,6 ponto. Já em relação a janeiro do ano passado, o índice apresentou aumento de 7,9 pontos. Os números são considerados positivos quando estão acima dos 50 pontos.

Já o Indicador de Condições Atuais bateu 55,1 pontos em janeiro, com aumento de 1,1 ponto em relação ao mês anterior. O Indicador de Expectativas, por sua vez, soma 69,5 pontos, um crescimento de 1,7 ponto em comparação a dezembro passado.

O presidente da Federação das Indústrias do Distrito Federal (Fibra), Jamal Jorge Bittar ressalta que o dado é resultado da confiança que está sendo depositada no GDF. “A palavra é ânimo. Confiamos que o governo e os empresários farão um bom trabalho para colocar a cidade num bom caminho”.

A mesma onda de otimismo invade o segmento da Construção Civil. “O índice é um reflexo do estado de ânimo, da percepção que estamos melhorando e vendo as coisas com mais otimismo. Os dirigentes estão imbuídos do espírito de que a construção será retomada”, enfatiza o presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Distrito Federal (Sinduscon-DF) , João Carlos Pimenta.

A coleta de dados é mensal e a série mais recente de entrevistas com empresários do DF foi feita entre os dias 7 e 17 de janeiro. Os dados que compõem o Icei-DF são organizados em parceria pela Federação das Indústrias do Distrito Federal (Fibra) e a Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Destravar o DF

Em seu 15º dia de governo, Ibaneis Rocha afirmou que “é necessário destravar a cidade” e destacou a necessidade de desburocratização para o desenvolvimento do Distrito Federal,  relembrou também que há muito tempo, os empresários deixaram de investir pela insegurança. “Muitos tiveram problemas, inclusive em relação ao Ministério Público. São situações que não queremos ter mais na cidade. Quem tiver seu alvará de construção, terá a garantia do Habite-se”.

 


Deixe seu comentário