Catar revela projeto do estádio mais importante da Copa de 2022

sábado, 15 dezembro, 2018 | 16:37

Compartilhe

Fim do mistério. O Catar, enfim, mostra ao mundo como será o seu estádio mais importante para a Copa de 2022, que será disputada entre os dias 21 de novembro e 18 de dezembro. O projeto do Lusail, palco da abertura, da grande final e de pelo menos mais sete partidas do Mundial, vinha sendo guardado em segredo, apesar de o estádio estar em construção. Foi revelado neste sábado, na capital Doha, em uma cerimônia.

Estádio Lusain, palco do jogo de abertura e da final da Copa do Mundo do Catar 2022 — Foto: Divulgação

Estádio Lusain, palco do jogo de abertura e da final da Copa do Mundo do Catar 2022 — Foto: Divulgação

Jornalistas de 26 países, além da imprensa local, estão em Doha para uma agenda de eventos promovidos pelo Comitê Organizador da Copa do Catar. Antes da festa de lançamento, foi possível visitar as obras do estádio, que tem previsão de entrega para 2020. Mesmo prazo para os outros seis que estão sendo erguidos do zero. Ao todo, serão oito. Um já está pronto. Construído em 1976, o Khalifa foi totalmente reformado.

Estádio de Lusail, Catar — Foto: Richard Souza

Estádio de Lusail, Catar — Foto: Richard Souza

O projeto do Lusail é inspirado na antiga tradição do artesanato árabe. O estádio custará R$ 3 bilhões. Mas terá vida curta. A partir de 18 de dezembro de 2022, data da decisão do Mundial, terá as 80 mil cadeiras retiradas e doadas para várias partes do mundo.

O estádio Lusail será transformado num espaço comunitário, com escolas, lojas, cafés, instalações esportivas e clínicas médicas.

Cidade construída para Copa está quase pronta

No Catar, no meio do deserto, a 15km ao norte de Doha, uma cidade planejada, ao custo de impressionantes US$ 45 bilhões (R$ 176 bilhões) ganha forma para receber até 450 mil moradores, turistas e ser palco da abertura e final da Copa do Mundo de 2022. Seu nome é Lusail, assim como o estádio, na municipalidade de Al Daayen.

Copa de 2022 já tem obras dos estádios bem adiantadas

A ideia é que a cidade esteja pronta até 2020, dois anos antes da Copa do Mundo. Hoje, 90% dela estão prontos. Planejada dentro de um terreno de 38km², Lusail terá metrô, 19 bairros, 22 hotéis, marina, vilas de frente para o mar, resorts dentro da Qetafian Island, preparada para ser o centro de turismo, hospitais, 36 escolas, porto, dois campos de golfe, shoppings, centro culturais, centro de energia, torres comerciais e claro, estádios e ginásios. O mais importante deles é o Lusail.

Confira como estava o andamento das obras dos estádios da Copa de 2022 em novembro passado

Para se ter noção do tamanho do empreendimento, hoje a população do Catar é estimada 2,7 milhões de habitantes. Desses, apenas 10% são locais. A maioria é de estrangeiros e expatriados, todos vivendo do trabalho das obras grandiosas realizadas, tocadas por multinacionais chinesas, inglesas e etc.


Deixe seu comentário