“Dá a impressão de não ser uma fatalidade”, diz Zico sobre incêndio no Flamengo

segunda-feira, 11 fevereiro, 2019 | 10:20

Compartilhe

O ídolo do Flamengo e do futebol brasileiro, Zico, criticou o clube por usar contêineres como dormitório dos jogadores da base do time. O incêndio da última sexta-feira (8) matou 10 atletas. Diretor técnico do Kashima Antlers, Zico questionou por que o Flamengo não tomou providências após ser multado pela prefeitura. E também avaliou o local como inadequado para que os jovens passassem a noite.

“Eu nem imaginava que ainda havia jovens que moravam lá no CT novo. Tomei um susto maior com isso, porque eu achava que eles tinham pegado uma casa ali do lado e colocado os meninos da base. Quando vi a foto, eu falei que só podia ser onde tem a parte dos contêineres, que não foram feitos para isso”, disse Zico, em entrevista ao SporTV.

Quando visitou os contêineres do Ninho do Urubu, Zico imaginava que seria um local para profissionais descansarem entre os treinos da manhã e da tarde. “Não tenho claustrofobia, mas se acontecesse alguma coisa, por onde você vai sair? Como vai escapar?”.

Zico atribuiu responsabilidade ao Flamengo por não ter feito melhorias no local. “Se você é multado 30 vezes, você não pode empurrar aquilo com a barriga para ser multado mais 20. Alguma coisa tem que ser feita”, afirmou.

“Deu a impressão de que aquilo ali não era uma coisa que todo mundo sabia que existia como moradia. A base tem que ter um planejamento para todos os sentidos. A tragédia não avisa, ela é inesperada”, acrescentou Zico.

“Situações como essa fica dando a impressão de não ser fatalidade”, concluiu. (Folhapress)


Deixe seu comentário