MPDFT e PCDF realizam operação Bilocação

0
153
Compartilhe

O termo bilocação é o nome dado ao ato de alguém poder estar em dois lugares distintos ao mesmo tempo

A 2ª Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde (Prosus) e a Divisão de Repressão à Corrupção e aos Crimes Contra a Administração Pública (Dicap/Cecor) deflagraram, nesta quinta-feira, 18 de julho, a operação Bilocação. O objetivo foi a obtenção de elementos probatórios para subsidiar investigação sobre irregularidades praticadas por médico da Secretaria de Saúde do DF, lotado no Hospital Regional de Sobradinho – HRS.

Foram cumpridos três mandados de busca e apreensão, sendo um no HRS, um na clínica particular, localizada nas proximidades do hospital, também em Sobradinho, e o terceiro na residência do servidor público. Os mandados de busca e apreensão foram expedidos pelo juiz da Vara Criminal de Sobradinho, José Roberto Moraes.

Os investigadores receberam informações de que o médico atenderia em clínica particular, durante o horário de expediente no hospital público. Também são apuradas denúncias de que ele encaminharia pacientes da rede pública para uma clínica particular própria, alegando que o aparelho do HRS não está funcionando. Comprovada a fraude, o servidor será criminalmente processado.

O titular da 2ª Prosus, Clayton Germano, afirma que o MPDFT está empenhado em investigar todos os fatos em que servidores da Secretaria de Saúde estejam fraudando folha de ponto para atenderem em clínicas particulares, deixando os pacientes do SUS desassistidos, esperando por horas e tantas vezes sem conseguirem ser atendidos. (MPDFT)