Agiotas estrangeiros que agiam em Brazlândia são presos

0
76
Compartilhe

Eles possuíam cartões de apresentação que prometiam “soluções imediatas”, como o empréstimo de dinheiro sem fiador e sem consulta a documentos

 

Por volta de 18h da última terça-feira (20), a Polícia Militar do DF (PMDF) prendeu dois homens suspeitos de atuarem como agiotas em Brazlândia. Eles despertaram a suspeita dos militares ao ultrapassarem, de moto, uma viatura que realizava policiamento na região.

A polícia os abordou e encontrou R$ 962,00 na calça do suspeito (com uma nota falsa de R$ 50 no meio). Perguntado sobre a origem do dinheiro, ele disse que pertencia ao condutor da moto. O condutor confirmou, dizendo que recebeu como pagamento de uma negociação de roupas no dia anterior, sem dizer de qual cliente se tratava.

Ao checar os documentos, a polícia notou que os dois homens são colombianos. Eles carregavam diversos cartões de visitas escrito “Soluções Imediatas”. Os cartões ofereciam empréstimos para proprietários de lojas, com planos de pagamentos diários, sem exigência de comprovação de renda e fiador.

Os homens, então, foram conduzidos à 18ª Delegacia de Polícia (Brazlândia) para tratar da nota falsa que carregavam consigo. Depois, a polícia os encaminhou à Superintendência Regional da Polícia Federal (SR-DF).

Sobre agiotas

A PMDF afirma que tem recebido denúncias anônimas sobre estrangeiros atuando como agiotas. Segundo a corporação, eles vêm, em sua maioria, da Colômbia e da Bolívia. Para efetuar as cobranças, eles imprimem ameaça e agressividade.