Bombeira que combatia incêndio florestal morre após ser atingida por árvore

0
303
Compartilhe

 

Acidente aconteceu na manhã deste domingo (15). Ela foi levada ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

 

Uma militar do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) morreu após ser atingida por uma árvore. A soldada Marizelli Armelinda Dias, de 31 anos, trabalhava no combate a um incêndio florestal na QNL 2 de Taguatinga Norte na manhã deste domingo (15) quando sofreu o acidente.

Durante o trabalho da militar, a árvore veio a cair, atingindo a vítima e derrubando fios de alta tensão. Ela foi levada pela aeronave do CBMDF ao Hospital Regional de Ceilândia (HRC).

Além de fraturas, a bombeira teria sofrido um trauma craniano, mas os colegas de profissão, mesmo tendo que esperar o desligamento da energia por parte da Companhia Energética de Brasília (CEB), conseguiram atendê-la por ora e levá-la ao HRC.

No entanto, Marizelli não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. Não se sabe, ainda, a hora exata do falecimento, mas a confirmação oficial por parte do CBMDF veio exatamente às 17h06.

Marizelli Armelinda Dias. Foto: Reprodução/Facebook

É a segunda morte de um militar do Corpo de Bombeiros em dois dias. Na última sexta-feira (13), Alfredo Passos Barbosa, de 45 anos, sofreu acidente de carro e não resistiu. Alfredo foi o fundador do clube de aventuras Calangos do Planalto. A passageira Rosilden Gonçalves de Sousa, 45 anos, que estava com ele no momento da colisão, também faleceu. JBr