Ibaneis adverte que grampos e ilegalidades podem ameaçar a democracaia

0
350
Compartilhe

Ele se referiu à invasão e furto de mensagens engtre Moro e procuradores

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), que foi presidente da seccional da Ordem dos Advogados do Brasil no DF, afirmou nesta segunda-feira (10) ao Diário do Poder que “o Brasil precisa tomar o rumo da legalidade e do respeito à Constituição ou iremos pagar, em breve, muito breve, um preço muito alto”.

Ibaneis se referiu ao caso da invasão e furto ilegal de conversas entre o então juiz federal Sérgio Moro e procuradores da força-tarefa da Operação Lava Jato, no aplicativo de mensagens Telegram.

“Privacidade neste país não existe”, lamentou o advogado que é governador do DF. “Estamos todos sujeitos a grampos e ilegalidades, oficiais e não oficiais”, por isso exortou o País a tomar o rumo da legalidade e do respeito à Constituição.  “A democracia não aguenta descuidos constantes”, adverte ele.

No fim de semana, o site divulgou mensagens furtadas de celulares de integrantes da Operação Lava Jato. A invasão das mensagens trocadas no aplicativo de mensagens Telegram foi considerada criminosa por Moro e pelos procuradores da República, que denunciaram a tentativa de destruir a Lava Jato.

O atual ministro Sérgio Moro (Justiça) lamentou que a reportagem não indicasse a fonte das informações e o fato de não ter sido ouvidoSegundo ele, no conteúdo das mensagens que citam seu nome, “não se vislumbra qualquer anormalidade ou direcionamento da atuação enquanto magistrado, apesar de terem sido retiradas de contexto e do sensacionalismo das matérias, que ignoram o gigantesco esquema de corrupção revelado pela Operação Lava Jato”.