Ibaneis diz estar tranquilo por poder seguir cuidando da população e da família

0
258
Compartilhe

 

Em entrevista, governador do DF exibe boa recuperação de tombo que rendeu 15 pontos na cabeça.

 

Com a cabeça enfaixada, o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), atendeu a imprensa neste sábado (12) e demonstrou boa recuperação do acidente ocorrido no banheiro, quando escorregou e desmaiou ao bater com a cabeça no piso de seu banheiro, na manhã da sexta-feira (11). Ele disse estar tranquilo por poder voltar ao batente já na segunda (14) e seguir cuidando do filho de nove meses.

O governador recebeu alta na noite de ontem, após ter o ferimento na nuca suturado com 15 pontos. E, diante de sua casa, deu aos repórteres detalhes da queda, provocada pela falta de aderência do piso de mármore do banheiro.

“Estou bem. Graças a Deus foi só externo. Estou me acostumando ainda na casa nova”, disse Ibaneis, que se mudou há cerca de 30 dias.

O gestor da capital federal disse que uma das coisas que não se acostumou foi exatamente com o piso do banheiro bastante liso. “É um mármore muito liso. E estou procurando alguma coisa para ajudar a melhorar com algum tipo de resina”, avisou, antes de brincar com repórteres, ao dizer que não viu ainda o corte. “Sou meio assustado com isso. Se tem um camarada frouxo para doença, sou eu”.

Ele lembrou que, ontem, ao descer do banheiro, se acidentou em um degrau pequeno. “Escorreguei e bati com a cabeça. Tive um sangramento profundo, cheguei a ficar desacordado. Mas foram feitas duas tomografias. Passei a noite no hospital, estou me sentindo bem e, certamente, segunda-feira estou no batente novamente. Vou aproveitou o fim de semana para dar uma descansada”, afirmou o governador.

Ibaneis respondeu que ficou aliviado, ao saber que não houve nada grave com sua saúde e seguirá cuidando do governo do DF e de seu bebê de nove meses.

“Depois de saber que não tive nada mais profundo e que continuará firme à frente do governo do Distrito Federal e ajudando as pessoas fiquei mais tranquilo. Até porque estou com um bebê de nove meses e não está na época de não ter nada mais grave. Tive realmente que me cuidar, para cuidar tanto da população, quanto da família”, declarou Ibaneis, apontando para seu filho, que o aguardava em um carrinho de bebê.

Questionado sobre as recomendações médicas, o governador disse estar tomando anti-inflamatório e antibiótico, mas que pode “fazer tudo, andar, mas baixar a bola um pouquinho”, para poder se recuperar mais rapidamente possível.

Ele ainda respondeu sobre a criação da Guarda Civil Distrital e o diálogo com as polícias Civil e Militar. “Não tem nenhum tipo de reação, até porque ainda vamos concluir os estudos, apresentar para todos. E a intenção nossa é, com uma mão de obra um pouco mais barata, conseguir olhar os nossos monumentos e liberar nossos policiais para liberar os policiais para atividades mais do dia-a-dia deles. Mas vamos apresentar para as corporações. Até porque a gestão tem que ser muito bem integrada. E queremos fazer algo para melhorar a vida da cidade e não para piorar”, explicou Ibaneis.

Fonte: Diário do Poder