Lago Norte, Lago Sul e Varjão recebem serviços do GDF Presente

0
50
Compartilhe

Prioridade é para ações de tapa-buraco, limpeza de bocas de lobo, recolhimento de entulho e manutenção de praças e estradas rurais

 

Uma reunião com a presença de dezenas de trabalhadores, representantes da secretaria de governo e de administradores regionais em meio a maquinários pesados celebrou a chegada do GDF Presente no Polo Central Adjacente 1, que atende o Lago Sul, Lago Norte e Varjão.

O encontro foi nesta terça-feira (23), pela manhã, no pátio de atividades da Administração Regional do Varjão. “Agora, vamos ampliar nossa atuação por todas essas regiões para trazer mais conforto e qualidade de vida para a comunidade”, explica o subsecretário de Desenvolvimento Regional e Operações da Secretaria de Governo, Flávio Araújo de Oliveira.

Segundo ele, o programa avançou nesta semana com quatro novos polos para um objetivo em comum: dar agilidade ao atendimento das demandas da comunidade. “Os resultados são muito bons porque o GDF Presente tem conseguido oferecer uma resposta mais rápida e eficaz à população”, destaca.

Oliveira informa que, atualmente, o programa registra uma média diária de 200 ações, entre podas de árvores, serviços de manutenção asfáltica, roçagem, sinalização urbana, limpeza e recolhimento de entulho. “A gente está vendo as coisas acontecerem, e isso é fantástico. Aumentamos a ação de limpeza, de capina e poda de árvores”, comemora a administradora do Varjão, Nair Queiroz.

“Estamos com 25 detentos trabalhando em força-tarefa, o que impulsiona e muito nossos trabalhos”, observa o coordenador do GDF Presente Polo Adjacente 1, Alexandro César.

Para o Varjão, está prevista, nos próximos 15 dias, uma grande ação de recolhimento de entulhos e tapa-buracos. “Vamos nos concentrar nas quadras 5, 6 , 7 e 10 com o tapa-buracos. É uma localidade que sofreu muito com a temporada de chuvas”, detalha Alexandro César. Ele também destaca outro problema a ser enfrentado no Varjão: o entulho. “Há muito descarte de mobiliários e material de construção largado nas ruas. Vamos recolher tudo mas precisamos da colaboração da comunidade”, diz.

Atenção especial à área rural

Outro administrador que comemora a chegada do GDF Presente é o do Lago Norte, Marcelo Ferreira. Em sua avaliação, o reforço chegou na hora certa para dar uma atenção especial à zona rural. “As pessoas não imaginam, mas temos aqui dez áreas rurais importantes com escolas, comércio e produção”, explica.

Para ele, são fundamentais os serviços oferecidos pelo programa, em especial para as vias rurais, que estão esburacadas em função das últimas chuvas. “São máquinas extremamente importantes porque não temos nem operadores, nem equipamento suficiente para atender a demanda”, explica. Durante 15 dias, os trabalhos vão se intensificar na área rural do Lago Norte/Varjão. Nesta primeira fase, serão atendidas as comunidades Jerivá A, B e C; Bálsamo; Aspalha A e B; Bananal; Torto; e, Taquari.

Recuperação de vias no Lago Sul

“Nossas expectativas são as melhores possíveis com a chegada do GDF Presente. A partir de agora, vamos ter limpeza e trabalhos de manutenção sistemática”, explica o administrador do Lago Sul, Rubens Santoro, que também participou do evento de lançamento das atividades no Polo Central Adjacente 1.

No Lago Sul, os trabalhos vão se concentrar na manutenção de vias. Serviços que já estão sendo executados. “Iniciamos pela QI e QE 16 e 19. Estamos fazendo uma pavimentação nova em toda a extensão da via nos dois sentidos”, explica o coordenador do programa na região, Alexandro César.

Segundo ele, além da avenida principal, também serão recuperadas as vias das quadras internas. “A população vai ver a gente trabalhando com tapa-buracos nas pistas de acesso e dentro das quadras residenciais”, explica.

 

Agência Brasília/Foto: Acácio Pinheiro/Agência Brasília