Paranoá lança programa para recuperar meios-fios antes de pintá-los

0
36
Compartilhe

 

Pinturas em Pé foi anunciado na manhã desta segunda-feira (4). Cada servidor da administração regional será responsável por inspecionar uma quadra.

 

Por Daniela Brito

Cuidar das cidades é o dever do Governo do Distrito Federal, mas é preciso integração. A Administração Regional do Paranoá, por exemplo, realiza trabalho de revitalização de meios-fios, calçadas, ruas e limpeza de bocas de lobo por meio do programa intitulado PEP (Pinturas em Pé), lançado na manhã desta segunda-feira (4). O objetivo principal é recuperar os meios-fios antes de pintá-los.

A ação começou pela Avenida Transversal do Paranoá, via que corta a cidade e divide a parte antiga da parte moderna.

A região administrativa tem 34 quadras, além do Paranoá Parque, um conjunto residencial popular. Para facilitar o acesso da administração a todos os locais, cada servidor foi responsável por fazer um levantamento minucioso que identificou as áreas onde meios-fios precisam ser reformados.

| Foto: Lúcio Bernardo Jr. / Agência Brasília

O administrador do Paranoá, Sergio Damaceno, explica que o trabalho na avenida levará mais tempo, pois são muitas as necessidades de melhoria. “Eu fui administrador do Paranoá há 13 anos e, ao retornar ao posto, identifiquei que a rua nunca mais havia recebido manutenção desde a minha última gestão. É por isso que nós escolhemos primeiro este local, para mostrar que não existe mais abandono nesta gestão”, conta.

“Também vamos retirar as árvores que morreram e vamos fazer mais estacionamentos”, completa Sérgio.

Antônio Evangelista da Silva, 56 anos, morador do Paranoá, reconhece a importância do trabalho, mas pede por manutenções mais frequentes. “É importante fazer e manter, pois a cultura das pessoas é de destruir e, com o tempo, as coisas também se desgastam. Então a gente precisa mesmo que essa rua receba mais atenção”, reivindica o morador.

Também morador da região, João Viana, 56 anos, fiscaliza de perto o trabalho da equipe. “O administrado esteve aqui há cinco dias e eu fiz esse pedido para ele. Nós precisamos de agilidade em demandas como essa”, elogia.

| Foto: Lúcio Bernardo Jr. / Agência Brasília

O trabalho é custeado por meio de doações da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap). Cimento e areia são garantidos pela própria administração regional. A doação de empresários também tem sido um importante reforço no trabalho.

A estimativa de finalização da Avenida Transversal Impar é para o fim desta semana. Já o trabalho em todas as quadras tem conclusão prevista para os próximos 90 dias.

 

Agência Brasília