Projeto incentiva empresas a arrecadar para tratamento de câncer infantil

0
38
Compartilhe

 

Existe 70% de chance de cura com tratamento na fase inicial da doença.

 

O vice-presidente da Câmara Legislativa, deputado Delmasso (Republicanos), criou o projeto de lei 668 de 2019 que institui o Selo Empresa Amiga da Saúde da Criança. As empresas públicas e privadas que desenvolverem campanhas para arrecadação de verbas, materiais e equipamentos para auxiliar no tratamento do câncer infanto-juvenil receberão o Selo.

O objetivo da proposta é de conceder um certificado para as empresas que adotarem ações para ajudar no combate ao câncer infanto-juvenil no Distrito Federal. Dessa forma, o projeto vai gerar um apoio para famílias carentes que não têm condições de custear o tratamento do câncer de seus filhos.

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), por ano, quase 12 mil crianças e adolescentes são diagnosticados com câncer no Brasil. Isso representa uma média de 32 casos por dia, sendo considerada a primeira causa de morte por doença na população infanto-juvenil.

Com diagnóstico precoce, o câncer pode ser combatido a tempo. Com tratamento adequado aplicado nas fases iniciais da doença, permite a cura em cerca de 70% dos casos. Por isso, é muito importante a atenção da família.

Delmasso explica a importância do amparo do Estado em casos assim. “Ver uma criança doente já é muito difícil. Quando não se tem apoio, fica ainda pior. Com esse projeto vamos conseguir oferecer ajuda para famílias que muitas vezes não tem condições de oferecer conforto para seus filhos”. JBr