Após ameaça de Bolsonaro, presidente do BNDES pede demissão do cargo

0
147
Compartilhe

Joaquim Levy entregou carta ao ministro da Economia, Paulo Guedes, agradecendo pelo convite para assumir o banco e desejando sucesso nas reformas do país. Ele deixou o cargo um dia depois de Bolsonaro ter dito que Levy estava ‘com a cabeça a prêmio’ por causa da escolha de um diretor ligado a gestões petistas. Marcos Barbosa Pinto já renunciou ao cargo.

Redação