Balanço: Alcolumbre destaca produção positiva no primeiro semestre

0
146
Compartilhe

O presidente do Senado ressaltou que foram 134 matérias aprovadas em plenário para melhor o Brasil

 

Em balanço das atividades do primeiro semestre, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), enfatizou produção positiva da Casa entre fevereiro e julho. Foram aprovadas 134 matérias em plenário. Medidas Provisórias, projetos de lei e alterações na Constituição Federal.

Dentre as quais, a proibição da propaganda de cigarros e o aumento de pena para traficantes de drogas. Além disso, o fim do voto secreto para a cassação de mandatos parlamentares.

“O Senado Federal tem trabalhado muito. Então, há um levantamento entre matérias deliberadas nas comissões, propostas aprovadas e sessões realizadas foi o mais produtivo nos últimos 25 anos. Essa vitória, ela não é do presidente do Senado, é dos presidentes das comissões, da Mesa Diretora, é uma vitória dos líderes e do conjunto dos 81 senadores que se dedicaram muito. Taí o resultado disso, nesse semestre a trabalhar e votar matérias importantes para melhorar o Brasil”, ressaltou o presidente.

Ele lembrou,ainda, que e a maioria dos projetos aprovados pelo Senado seguiu para a sanção presidencial.

Já o líder do governo, senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), minimizou a derrubada de dois decretos, incluindo o das armas. Para ele, a maior vitória do Planalto foi a votação da reforma da Previdência pela Câmara dos Deputados.

“O governo fez a maior de todas as reformas. Avançou na Câmara com a votação em primeiro turno. E está desenhada a conclusão dela até o final de setembro, que é a primeira das grandes reformas. Depois vem o grande programa de desestatização, a questão da reforma tributária. O que vai animar a economia e vai colocar o Brasil num novo ciclo de crescimento, de desenvolvimento, sobretudo de geração de emprego”, avaliou Fernando Bezerra.

Neste primeiro semestre, foram realizadas 120 sessões, de acordo com Alcolumbre. Desse total, 41 com votações. Enquanto as comissões tiveram 374 reuniões com 487 relatórios deliberados, no mesmo período. Com informações da Agência Senado.

Redação