Bolsonaro: “Óleo que atingiu praias no Nordeste não é brasileiro”

0
216
Compartilhe

 

O presidente Jair Bolsonaro se reuniu nesta segunda-feira (7) com ministros e comandantes das Forças Armadas, no Ministério da Defesa, para discutir o aparecimento de manchas de óleo em praias do Nordeste, de acordo com informações do G1.

“Pode ser algo criminoso, pode ser um vazamento acidental, pode ser um navio que naufragou também. Agora, é complexo. Temos, no radar, um país que pode ser o da origem do petróleo e continuamos trabalhando da melhor maneira possível”, declarou o presidente.

Os ministros Fernando Azevedo e Silva (Defesa), Augusto Heleno (Segurança Institucional), Bento Albuquerque (Minas e Energia), Ernesto Araújo (Relações Exteriores) e os comandantes Edson Leal Pujol (Exército) e Antonio Bermudez (Aeronáutica) estiveram presentes presencialmente na reunião. Além deles, Ricardo Salles (Meio Ambiente) e o comandante da Marinha, Ilques Barbosa, participaram da audiência por videoconferência.

Ainda de acordo com o G1, as manchas de petróleo têm aparecido em praias nordestinas desde o início de setembro e já atingiram 132 localidades, em 61 municípios de 9 estados.

 

Foto:  (Crédito: Adema/Governo de Sergipe)/Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil