Com inglês sofrível, presidente da Apex balança no cargo

1
1
Compartilhe
  • 13
    Shares

Diplomatas de diferentes níveis e servidores da Apex estão ruborizados com a falta de preparo de Alex Carreiro, empossado há menos de uma semana como presidente da agência de promoção a exportações, vinculada ao Itamaraty.

Gente importante do governo descobriu que Carreiro mal fala inglês e trata a escolha como mais um mico pago pela equipe de Jair Bolsonaro.

currículo de Carreiro, formado em Comunicação Social numa universidade abaixo da crítica e sem nenhuma experiência em comércio exterior, é revelador.

Ele também se aventurou como empresário, ao fundar uma consultoria para prestar assessoria a municípios. Não deu certo. No ano passado, a Receita Federal deu baixa na empresa por inaptidão, algo comum aos CNPJs inativos.

Dado o conjunto da obra, no governo, itamaratecas importantes defendem a demissão imediata do presidente da Apex, sob argumento de que é melhor reconhecer o erro agora do que tê-lo de exonerar depois de uma eventual gafe internacional de grande repercussão. (Veja)