Comandante-geral da PMDF afirmou que o governador está sensibilizado com pauta de reajuste

0
306
Compartilhe

A bancada federal do Distrito Federal tem-se mobilizado, com apoio de associações. O senador Izalci (PSDB-DF) se incumbiu de levar e encaminhou uma proposta de reajuste salarial de policiais militares, bombeiros e policiais civis para o governador Ibaneis Rocha e ao presidente da República. O intuito é acelerar, com brevidade, o processo de votação da PL 1496/2019 no Congresso Nacional.

O Comandante-Geral da PMDF, Coronel Pontes, afirmou em entrevista ao TudoOk Notícias que em nenhum momento nenhuma associação da categoria o procurou ou apresentou o projeto.

“Eu não tenho conhecimento formal. Em nenhum momento eu fui chamado ou procurado para discutir o projeto. Oficialmente, a Polícia Militar não tem conhecimento desse conteúdo”, esclareceu Pontes ao ser indagado se tinha ciência do teor do projeto de lei.

Além disso, Pontes esclareceu que o governador Ibaneis Rocha demonstrou posição favorável com a pauta. “Logicamente, que quem vai falar pela Instituição é a Corporação, ou seja, é o Comandante Geral, por meio do seu alto comando. Mas, de antemão, antecipo que o governador Ibaneis está sensibilizado com a pauta, o Secretário de Segurança Pública também.”

“São essas autoridades que possuem o poder decisório, são elas que irão levar nossos pleitos ao governo federal. E eu, particularmente, confio na pessoa do governador Ibaneis Rocha, porque a todo momento, tudo que foi pedido, ele contribuiu e indicou os caminhos a serem seguidos, e nessa pauta eu acredito que chegaremos a uma solução a contento”, finalizou o comandante-geral da PMDF.