Fachin é relator do habeas corpus de Mendonça para barrar depoimento de Weintraub

0
21
Compartilhe

 

O ministro da Justiça André Mendonça ingressou com um Habeas Corpus (com pedido de liminar) no Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar impedir o depoimento do ministro da Educação, Abraham Weintraub, dentro do inquérito que apura o disparo de fake news por aliados do presidente Jair Bolsonaro.

Ele decidiu nesta quinta-feira (28) encaminhar para análise do plenário da Corte o pedido do procurador-geral da República, Augusto Aras, para suspender investigações do inquérito das fake news.

O ministro também reiterou a indicação de preferência de julgamento da ação à Presidência do STF.

O ministro do STF, Edson Fachin, será o relator do HC apresentado Mendonça para impedir o depoimento de Abraham Weintraub no inquérito das fake news.

A distribuição foi feita por prevenção e não por sorteio, pelo fato de Fachin relatar outra ação que questiona medidas tomadas dentro do mesmo inquérito.

Mendonça também pede na ação a exclusão de Weintraub da investigação, bem como de todos os demais alvos do inquérito, incluindo bolsonaristas que sofreram buscas na quarta-feira (27) por criticar o STF nas redes sociais.