Filho de Fagner sofre ameaça no Instagram

0
317

 

O lateral do Corinthians, Fagner, se manifestou em suas redes sociais contra ameaças sofridos pelo filho de 10 anos, que atua pelas categorias de base do alvinegro.

Após as duas últimas derrotas do time, para Palmeiras e Fluminense, parte da torcida protestou diretamente contra os jogadores.

Os protestos saíram do meio virtual no último domingo, no desembarque da equipe no Aeroporto de Guarulhos, e nesta segunda, as cobranças e ameaças foram direcionadas ao garoto. “3 pontos na conta do seu pai otário. Nós vamos invadir a sua casa hoje, é melhor o seu pai não aparecer por aí. Jogo ganho e o otário faz aquilo”.

“Fico indignado como pai que meu filho de 10 anos esteja sendo atacado por causa da minha profissão. Peço que respeitem meus filhos! Uma criança tem que ser criança, e não ser obrigada a esse tipo de mensagem absurda. Só uma coisa, a próxima tomarei todas as medidas legais, que tenha sido a última porque a próxima irei até o fim. Respeito é o mínimo”, escreveu o jogador.

A esposa também se manifestou. “Ele é uma criança de 10 anos e não merece ler isso”, disse Bárbara Dal Ré Lemos.

Ataques

As mensagens continham ameaças sobre uma invasão a casa da família do jogador, além de ofensas direcionadas diretamente ao camisa 23 do Corinthians.

No aeroporto, o grupo foi alvo de ameaças durante a saída do salão de desembarque para o ônibus que aguardava a delegação. Cantillo e Ederson, por exemplo, precisaram correr para chegar ao veículo, enquanto Cássio, um dos maiores ídolos da história do Timão, foi muito cobrado pelos torcedores que aguardavam o time.

Nota do Timão

Nesta segunda, o Corinthians soltou uma nota repudiando o ocorrido. “O Sport Club Corinthians Paulista lamenta profundamente as cenas ocorridas no último domingo, no Aeroporto Internacional de Guarulhos, e ressalta que sempre zelará pela integridade física de atletas e funcionários”, avisou o Corinthians.