Flávio Bolsonaro admite que Queiroz pagava suas contas

0
18
Compartilhe

 

Pela primeira vez, o filho do presidente Jair Bolsonaro, o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos) admitiu que Fabrício Queiroz pagava suas contas. Ele atacou a Lava Jato e Sérgio Moro.

No entanto, em entrevista ao O Globo, ele negou qualquer ilegalidade na transação financeira.

“Pode ser que, por ventura, eu tenha mandado, sim, o Queiroz pagar uma conta minha. Eu pego dinheiro meu, dou para ele, ele vai ao banco e paga para mim (…). Não posso mandar ninguém pagar uma conta minha no banco?”

Sobre o procurador-geral da República, Augusto Aras, Flavio considera que ele faz Justiça.

“Aras tem feito um trabalho de fazer com que a lei valha para todos. Embora não ache que a Lava-Jato seja esse corpo homogêneo, considero que pontualmente algumas pessoas ali têm interesse político ou financeiro. Se tivesse desmonte das investigações no Brasil, não íamos estar presenciando essa quantidade toda de operações”, disse o senador.

Flávio Bolsonaro, além de atacar Sergio Moro e a Lava Jato, por imparcialidade, disse também, em sua entrevista para O Globo, que Paulo Guedes “vai ter que dar um jeito de arrumar mais um dinheirinho”.

O recurso será tirado do bolso do contribuinte, por meio da nova CPMF. “Acho o imposto digital atrativo, porque tira carga de quem gera emprego e dos mais pobres”, declarou o filho do presidente.