Procura-se um ministro da Educação

0
125
Compartilhe

 

O presidente Jair Bolsonaro aceitou a desistência do ministro nomeado da Educação, Carlos Alberto Decotelli, durante reunião que acabou há pouco. Ambos se reuniram no Palácio do Planalto no início desta tarde.

Bolsonaro já estava disposto a aceitar o pedido de demissão devido aos problemas que a nomeação provocou, em meio a informações imprecisas constantes do currículo de Decotelli.

O Palácio do Planalto deverá ter dificuldade para anunciar um nome substituto ainda hoje. Mas a intenção de Bolsonaro é, simultaneamente, à saída de Decotelli, que não tomou posse, mostrar o novo titular da pasta.

Leia mais:

Decotelli, sem clima, pedirá para sair da Cultura, após Bolsonaro adiar posse