Queiroz e Márcia Aguiar podem ser presos nesta sexta-feira

0
16
Compartilhe

 

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro emitiu oficialmente, nesta sexta-feira (14), os mandados de prisão preventiva para Fabrício Queiroz e sua mulher, Márcia Oliveira de Aguiar, em cumprimento à ordem do ministro Felix Fischer do Superior Tribunal de Justiça (STJ). O casal pode ser preso ainda nesta sexta (14).

Os despachos são do desembargador Milton Fernandes, relator do processo no Órgão Especial do TJ do Rio. Com isso, Queiroz e Márcia podem ser presos ainda nesta sexta – ou no final de semana – por agentes da Polícia Civil do Rio de Janeiro.

Também nesta sexta, a defesa do ex-assessor parlamentar Fabrício Queiroz entrou com um recurso no Superior Tribunal de Justiça (STJ) para tentar reverter a decisão do ministro Felix Fischer.

Em despacho ontem, o ministro apontou que o casal já supostamente articulava e trabalhava “arduamente” para impedir a produção de provas ou até mesmo a destruição e adulteração delas nas no inquérito das “rachadinhas” – que apura suspeitas de desvio de salários de funcionários de Flávio Bolsonaro, ex-chefe de Queiroz, durante seus mandatos como deputado na Assembleia Legislativa do Rio.