Queiroz está no apartamento no RJ e expectativa é de que Gilmar Mendes conceda habeas corpus

1
221
Compartilhe

 

O ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro encontra-se ainda na sua residência, mesmo depois da revogação da prisão domiciliar, tanto a ele quanto à mulher Márcia Aguiar. Segundo a defesa de Fabrício Queiroz, o TJ-RJ tem que emitir nova ordem de prisão.

O advogado de Queiroz esclareceu que o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) precisa executar a ordem de prisão que foi determinada pelo ministro do STJ, Félix Fischer, o que até o momento não aconteceu.

Portando o TJ-RJ tem que editar uma nova ordem, mandando que Queiroz seja conduzido de volta para o compelxo prisional. Há ainda expectativa de o Supremo Tribunal Federal (STF) se manifestar sobre um outro habeas corpus que concederia liberdade a Queiroz e à mulher dele.

O ministro do STF, Gilmar Mendes, pediu informações ao STJ e ao TJ-RJ para que possa decidir sobre o pedido da defesa de Queiroz. Ele cumpria prisão domiciliar desde 9 de julho, quando o presidente do STJ, João Otavio de Noronha concedeu o benefício a ele e a mulher que encontrava-se foragida.