Vídeo: Bolsonaro, sem citar nomes, manda recado velado a Mandetta

0
379
Compartilhe

 

O presidente Jair Bolsonaro declarou, acompanhado de participantes do jejum convocado por ele, citou entre outros problemas, como o desemprego, que “eles estão de olho na minha cadeira”.

“Querem que volte o que era antes o Brasil. Para esses, sem querer nomilá-los, nem querer dá dica, o pessoal acompanha. Para eles, o que vale é o Brasil estar bem e eles estando no poder, e continuar fazendo tudo aquilo que aconteceu em governos anteriores”, disse

“A hora dele vai chegar, minha caneta funciona, não tenho medo de usar a caneta”, ressaltou.

Confira no vídeo, abaixo, o trecho em que deixa a entender que se refere ao ministro da Saude, Luiz Henrique Mandetta: