Youtube desmonetiza conta de Sara Winter

0
406
Compartilhe

 

A ativista bolsonarista ganhava de R$ 9,8 mil por mês. 

O YouTube desmonetizou o canal da ativista bolsonarista Sara Giromini, autointitulada Sara Winter, líder do bando “300 do Brasil”, após ela ser presa pela Polícia Federal.

Em entrevista coletiva concedida na sexta-feira (26), ela afirmou que estava “aprendendo a ganhar dinheiro” com o canal e que receberia, em maio, cerca de R$ 9,8 mil.

“Enquanto eu estava aprendendo a ganhar dinheiro, tiraram a monetização. Que merda. Nesse último mês eu fechei o mês com mais ou menos US$ 1,8 mil. Não sei se esse dinheiro vai cair na minha conta”, disse a bolsonarista.

Segundo Sara, sua principal fonte de renda vinha de consultoria para políticos e palestras.

Ela saiu da prisão na quarta-feira 24/VI, mas segue monitorada por tornozeleira eletrônica. A extremista também está proibida de deixar a própria casa, exceto para trabalhar ou estudar, e deverá ficar ao menos um quilômetro distante das sedes do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Congresso Nacional.Com informações do Estadão.