Dani Alves defende Neymar: ‘Não há espaços para pessoas que proclamam ódio ou racismo’

0
273

 

 

O Paris Saint-Germain estreou com derrota no Campeonato Francês. Em jogo de cinco expulsões, o atual campeão perdeu para o Olympique de Marselha por 1 a 0. Entretanto, a partida ficou marcada pelo racismo do zagueiro Álvaro González com Neymar.

O craque brasileiro foi um dos expulsos após agredir o defensor espanhol. Na saída de campo, Neymar acusou o jogador de racismo e, após a partida, se manifestou nas redes sociais sobre o caso, inclusive respondendo à publicação do atleta.

Neymar recebeu apoio dos fãs, amigos e demais celebridades. Entre o apoio, o camisa 10 do São Paulo, Daniel Alves, se manifestou e defendeu o jogador. O meio-campista também aconselhou Neymar a não se guiar pelo ódio e disse que “não há espaço para pessoas que proclamam ódio ou racismo”.

– No esporte assim como na vida, estamos para inspirar pessoas, para transformar vidas e não há espaço para pessoas que proclamam ódio ou racismo. Que você não se deixe guiar pelo ódio meu irmão, que você seja a paz e a bondade que você carrega na sua alma. O amor é a única forma de combater o ódio, mesmo que que fira momentâneo nossa índole! – escreveu.