Flamengo esnoba Globo e inaugura Era da MP 984 com recorde de audiência

0
55
Compartilhe

 

Clube carioca soma mais de 2 milhões de dispositivos conectados para exibição, ao vivo, de partida válida pelo Campeonato Carioca. Emissora de TV promete disputa judicial para preservar contratos.

 

Por Fernando Brito
A expectativa era alta, pois havia risco de uma liminar judicial barrar a exibição da partida, mas o Flamengo venceu os capítulos iniciais da disputa com a Rede Globo e inaugurou a nova Era aberta pela Medida Provisória 984. De acordo com o texto, publicado no Diário Oficial da União em 18 de junho, os clubes mandantes têm poder de decidir o destino dos direitos de transmissão dos jogos de que participam. Sem acordo prévio com a maior emissora de TV do país, o time rubro-negro optou por exibir, ao vivo na internet, o confronto contra o Boavista, válido pela quinta rodada da Taça Rio, nesta quarta-feira (1/7), no Maracanã. Enquanto isso, a tevê transmitia o duelo entre Portuguesa-RJ e Botafogo, no Estádio Luso Brasileiro.
Aparentemente, a investida da FlaTV foi bem-sucedida. Com o evento transmitido por canal e páginas do clube em três plataformas, o rubro-negro somou mais de 2 milhões de dispositivos conectados para visualizar a partida. O YouTube foi o meio preferido de audiência, acumulando a maioria das conexões. Aos 30 minutos do primeiro tempo, contabilizava exatos 2.020.700 acessos, diante de 144,3 mil do Facebook e 5,1 mil do Twitter. Os números marcam um recorde em eventos exibidos pela FlaTV. Contagem prévia do Ibope, indicaria 8 milhões de espectadores, na Globo, para o jogo do Botafogo.
Livre para negociar as transmissões dos jogos em que tiver o mando de campo, o Flamengo poderá também arrecadar valores relativos a patrocinadores ao longo da exibição do evento. Nesta quarta-feira (1/7), por meio do YouTube, milhares de torcedores faziam lances variados, de R$ 1 a R$ 100, para terem mensagens destacadas no chat da plataforma. Antes mesmo de o jogo começar, o clube havia divulgado arrecadação de mais de R$ 300 mil. Se o Maracanã estava vazio, não faltou calor e generosidade dos torcedores on-line. Houve ainda inserções de logomarca da cervejaria Brahma.
A Rede Globo, no entanto, promete manter a disputa judicial contra o rubro-negro. Segundo a emissora, contratos prévios relativos ao Campeonato Brasileiro, por exemplo, continuam valendo e não podem ser desconsiderados, a despeito da MP 984. A disputa do torneio nacional está prevista para iniciar em meados de agosto. Até o apito inicial, novas jogadas de efeito são esperadas no duelo entre clubes e canais de TV.
BRB
Diante do sucesso de audiência do Flamengo na internet, o Banco de Brasília (BRB) também tem motivos para comemorar. Nesta quarta-feira (1/7), a marca da instituição financeira foi exibida pela primeira vez no uniforme do time. O acordo de patrocínio firmado com o clube, por prazo de três anos, prevê aportes anuais de ao menos R$ 32 milhões. No entanto, segundo os dirigentes da agremiação, os valores podem chegar a R$ 50 milhões.
A possibilidade de o valor total superar os R$ 32 milhões ocorre porque serão desenvolvidos produtos financeiros com o BRB, pelos quais o Flamengo receberá uma parte do faturamento.
A parceria com o banco da capital do país não prevê a realização de jogos em Brasília, mas a alguma chance de que isso ocorra no futuro. “É uma parceria que vai beneficiar a torcida, o Flamengo e o BRB. Se em algum momento a realização de jogos em Brasília for importante para torcida e para a parceria, poderá acontecer”, disse Paulo Henrique Costa, presidente do BRB. O vice-presidente de marketing do Flamengo, Gustavo Oliveira, confirmou a possibilidade. (Correioweb)