Jogador alemão não aceita diminuir salário e é punido pelo FC Union Berlin

0
28
Compartilhe

 

O FC Union Berlin anunciou nesta quinta-feira o afastamento do atacante Sebastian Polter, um dos ídolos da torcida. O jogador continuará treinando com o elenco até o fim da temporada, mas não será mais relacionado para os jogos do Campeonato Alemão.

O clube decidiu puni-lo por “falta de comportamento solidário”: Polter se recusou a reduzir o salário durante o período da pandemia do coronavírus, ao contrário de colegas e outros funcionários.

– É um dos valores fundamentais do Union Berlin que nós formemos uma sólida e unida comunidade, em que apoiamos uns aos outros e o clube. Sebastian foi o único jogador do elenco, comissão técnica e departamento de futebol a não fazer isso, infelizmente. Não é compreensível e é na verdade extremamente decepcionante. Então decidimos que o Sebastian não vai mais fazer parte do time em dias de jogo, imediatamente – declarou o presidente Dirk Zingler, em nota.