Guedes representará Bolsonaro em Davos

0
72
Compartilhe

 

Com a ausência do presidente Jair Bolsonaro, o ministro da Economia, Paulo Guedes, representará o governo brasileiro no Fórum Econômico Mundial em Davos no fim de janeiro, na Suíça.

O governo brasileiro pretende apresentar o que chama de “avanços da economia brasileira” aos possíveis investidores. Ele deve ressaltar a importância da retomada da geração de empregos no país, da queda da inflação e dos juros — e principalmente a vitória com a aprovação da reforma da Previdência.

O presidente Bolsonaro defende que é necessário vender o país no exterior, mostrar o que pode oferecer e que está abertos à ampliação de relações comerciais. À principio havia a possibilidade do presidente também ir à Davos, mas na semana passada desistiu alegando problemas de segurança.

“Pode ser, de acordo com o que aconteceu até agora. A gente acompanha diariamente via GSI, via ABIN, via Polícia Federal e outras fontes o que está acontecendo no mundo.”

O Gabinete de Segurança Institucional da Presidência nega qualquer tipo de ameaça ao presidente. Porém, admite que Bolsonaro sempre é muito visado aqui no Brasil e também no exterior — até por conta da imprevisibilidade de suas ações.

O presidente, que está no Guarujá e retorna amanhã à Brasília, prepara para embarcar para a Índia no próximo dia 22 ou 23 de janeiro. Ele vai participar das comemorações pelo dia da República Indiana.

Durante a viagem, Bolsonaro pretende conversar com autoridades e empresários com o objetivo de garantir novos parceiros comerciais ou ampliar as parcerias já existentes.