“Quero que ele pare de andar de Jet Ski , a cavalo, e passe a visitar os hospitais na Amazônia e no Pará”, diz Geisy Arruda

0
3070
Compartilhe

 

Isso mesmo. A modelo Geisy Arruda usou a sua rede social na última terça-feira (2) para criticar o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, em relação à postura dele no combate do novo coronavírus.

“Ele tinha que ser o primeiro a dar exemplo no combate”, disse Geisy, se referindo a Bolsonaro que tem violado as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) em relação a provocar aglomerações, não usar máscara e o que pensa do isolamento social.

Revoltado com o posicionamento de Arruda, um admirador do presidente rebateu: “Deixa o presidente, respeite ele, que é a maior autoridade da nação. Cuide e se preocupe com você”, disse.

Ela, que não leva desaforo para a casa, respondeu na lata: “Respeitar eu respeito meu pai que trabalhou por 40 anos para me criar e hoje é um aposentado. Bolsonaro, eu cobro, cobro posicionamento na luta contra a Covid-19”.

E continuou; “Quero que ele pare de andar de Jet Ski , a cavalo, e passe a visitar os hospitais na Amazônia e no Pará. Quero que ele sofra com a morte dos brasileiros que morreram. 30.000 mil mortes e essa conta também é dele”.
A modelo expressou o que muitas pessoas pensam, mas não pronunciam.